Categorias
Facebook Instagram Marketing Digital Vendas

Marketing para negócio local na Internet e Redes Sociais

O marketing para negócio local na internet está diretamente ligado ao tráfego, isto é, à quantidade de visitas que uma página digital recebe. Dessa forma, o aumento dos acessos em sites e, consequentemente, das vendas e visibilidade de uma marca, pode ser conquistado usando as redes sociais e Internet com o tráfego pago ou orgânico.

O ideal para uma empresa é investir em ambas as formas de tráfego para estimular a visibilidade, relevância e consumo do seu produto. Por isso, é interessante apostar no desenvolvimento de ações conjuntas de tráfego orgânico e pago.

Marketing para negócio local usando Tráfego orgânico

As visitas que são resultados de estratégias de marketing não pagas, ou seja, adquiridas de modo espontâneo, sem o investimento em anúncios pagos em redes sociais, são chamadas de tráfego orgânico.

Apesar de gratuito, o tráfego orgânico pode levar alguns tempo para trazer resultados efetivos.

Além disso, é necessário determinação e disponibilidade para que seja estabelecido um bom nível de acessos espontâneos.

Tráfego orgânico é uma ótima maneira para divulgar seu negócio local. É gratuito mas deve ser feito construído através de produção de conteúdo de qualidade.

Como ter um bom tráfego orgânico?

1. Seguidores engajados nas redes sociais

As redes sociais são um ótimo espaço para que se conquiste acessos sem precisar gastar nada. No entanto, para isso é preciso engajar seguidores, tornando-os ativos, de modo que eles comentam e curtam postagens.

Portanto, para que a conta da sua empresa ganhe visibilidade e, posteriormente, acessos, é preciso conteúdos de qualidade e frequência nos posts. Usar posts prontos para Instagram e Facebook pode ser uma alternativa para quem não tem muito tempo ou prática na produção de conteúdo para redes sociais.

Por isso, disponibilize nas redes sociais da marca links que direcionem o usuário para o site da empresa. Essa prática é denominada tráfego social.

Falando em redes sociais, vale a pena conhecer a plataforma Gerar.me, ela gera conteúdo para redes sociais para seu negócio de forma automática e aprende todos os dias o que dá certo para o seu público, aumentando muito engajamento, número de seguidores e consequentemente as vendas!

2. SEO (Search Engine Optimization)

O SEO nada mais é do que um bom ranqueamento nos mecanismos de busca. Mas, tornar seu negócio mais fácil de encontrar no Google demanda tempo. Um bom SEO é consequência de seguidores engajados, além de uma série de outros fatores como conteúdos originais e criativos, o que também exige tempo e persistência.

3. E-mail marketing

Enviar por e-mail as novidades de um negócio é um interessante marketing digital, pois a ação atingirá clientes ou pessoas que já demonstraram algum interesse pela marca. Logo, essa é uma maneira de fidelizar pessoas com uma divulgação mais direcionada, o que, geralmente, é mais difícil de ser feito no tráfego orgânico do que no pago.

4. Backlinks

Links posicionados de forma consciente e estratégica em um texto, visando direcionar o leitor à página de uma marca, são denominados backlinks ou inbound links. Essa é uma das melhores maneiras de tráfego de referência. Isto é, quando pessoas visitam um site por conta de outros sites que não sejam os de mecanismos de busca.

Marketing para negócio local usando Tráfego Pago

Diferentemente do orgânico, o tráfego pago é quando os acessos na página da empresa ocorrem devido aos anúncios em redes sociais ou sites, que destacam conteúdos de uma determinada marca. Esses anúncios podem ser feitos por meio de textos, imagens ou até vídeos.

O tráfego pago é mais eficiente que o orgânico, uma vez que tem uma maior capacidade de direcionar conteúdos  para pessoas que têm interesse ou provavelmente terão naquele negócio.  Assim, os resultados são mais imediatos.

Por ser pago, essa forma de conseguir acessos também implica na necessidade de uma planejamento financeiro. A melhor opção é começar com um baixo investimento e aumentá-lo ao longo do tempo, enquanto são feitos ajustes nos anúncios para que eles tenham um melhor desempenho.

Portanto, se no começo não for viável financeiramente manter anúncios pagos regularmente, faça apenas quando desejar divulgar algo específico como promoções, eventos ou lançamentos.

Como ter um bom tráfego pago?

O Facebook permite que empresas criem e vinculem anúncios com imagens, vídeos ou textos que serão exibidos dentro da plataforma, por meio do Facebook Ads.

Quais as vantagens de anunciar no Facebook Ads

1. Público numeroso

Neste mês de junho de 2020 o Facebook chegou a 127 milhões de usuários. Sendo assim, a plataforma tem um extenso público, ao qual você pode anunciar seus produtos e serviços.

2. Direcionamento do conteúdo

Se a plataforma tem um enorme número de usuários, com certeza eles são bastante diversos. Entretanto, o Facebook garante um direcionamento do conteúdo às pessoas que se interessarão pelo produto ou empresa anunciada. Isso é possível devido à alta segmentação da plataforma.

Explicando de uma maneira mais simples, ao anunciar no Facebook, é possível fazer uma filtragem de para quem o anúncio será exibido, como escolher a idade, gênero, interesses, profissão e até mesmo o comportamento do usuário. Assim, você não irá anunciar para qualquer pessoa, mas para um público-alvo ou potenciais clientes.

Segmentar o conteúdo também pode fazer com que ocorra um avanço e maior agilidade no funil de vendas, que são os estágios do cliente até a efetivação da compra.

3. Preço acessível e variável

No Facebook Ads você pode gastar em uma propaganda o quanto achar viável e válido de acordo com a realidade do seu negócio. O custo, em média, é de R$0,50. Obviamente que existem variáveis que podem influenciar no preço, porém você pode impulsionar um post com R$1,00.

Se levado em consideração o grande público e a capacidade de segmentação da plataforma, investir no Facebook Ads é uma forma eficiente e barata de marketing digital.

4. É rápido e fácil anunciar

Para vincular anúncios no Facebook, basta o seu negócio ter uma conta comercial na plataforma, clicar em criar e depois escolher a opção anúncio. A partir de então, você irá escolher um objetivo que pode ser, por exemplo, ampliar as vendas em um site ou uma maior visibilidade.

Depois, é preciso selecionar o público-alvo. Em seguida, você irá definir os detalhes do orçamento, como o intervalo de tempo em que deseja veicular anúncios. Para finalizar, escolha o formato da propaganda e faça o pedido.

5. Análise de resultados e ajustes

Depois de publicado na plataforma, é possível mensurar, analisar e, o mais importante, fazer ajustes nos anúncios. Assim, de acordo com o desempenho dele, faça modificações. Teste também alguns formatos para ver qual traz mais resultados para o seu negócio.

Seja tráfego orgânico através da produção de conteúdo ou tráfego pago através de investimento em publicações é importante começar o marketing para negócio local na internet antes dos seus concorrentes, pois quem chega primeiro sai na frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *