Categorias
Marketing Digital Vendas

E-mail marketing ou cold mail: Entenda as diferenças e quando usar cada um

O e-mail marketing é uma ferramenta do marketing digital bastante utilizada. No entanto, poucas pessoas conhecem o cold mail, que é pouco usado e, na maioria das vezes, não é feito da forma correta. Por isso, é importante conhecer ambas as estratégias de marketing que utilizam esse ferramenta. Afinal, segundo o site Statista, o número de usuários do e-mail ultrapassou um 1/3 da população mundial.

E-mail marketing ou cold mail: Entenda as diferenças e quando usar cada um

O que é e-mail marketing?

Essa ferramenta do marketing digital consiste no disparo de e-mails a clientes ou leads já conquistados por meio de outras práticas. O e-mail marketing busca fidelizar clientes antigos e fazer com que os seus leads avancem no funil de vendas.

Entre os principais objetivos do e-mail marketing estão: a segmentação de contatos e a automação de campanhas. Ele funciona a partir de uma comunicação pessoal e direta com pessoas que já autorizaram aquele tipo de contato.

O que é cold mail?

Essa forma de marketing substitui a cold call, ou seja, ligações telefônicas para desconhecidos. No cold mail o princípio é o mesmo, uma mensagem é enviada por meio da plataforma sem que antes tenha existido um contato prévio com o destinatário.

Entretanto, é importante não confundir spam com o cold mail. Spams são e-mails disparados em massa e genéricos que costumam vir acompanhados de links nãoconfiáveis. Já o cold mail é destinado aos leads que uma marca deseja conectar-se. O seu intuito é entrar em contato com prováveis interessados e provocar neles uma intenção de compra.

Diferenças entre e-mail marketing e cold mail

Apesar de ambas as formas de marketing digital utilizarem a mesma plataforma, o e-mail marketing e o cold e-mail têm propostas, objetivos, e momentos diferentes para serem usados. Dessa forma, é importante distinguir como deve ser o conteúdo e formato de cada um.

Conteúdo

O e-mail marketing tem assuntos diversos, que podem variar desde promoções e novidades até convites para eventos. Isso porque a sua intenção é nutrir leads já conquistados pela marca. Enquanto o cold mail deseja encontrar leads para depois qualificá-los.

O cold mail precisa identificar o que pode ser feito, inclusive por meio do usuário de e-mail da marca. Esse tipo de e-mail também deve ter como assunto alguma frase chamativa, para que o destinatário queira abri-lo.

O conteúdo do cold mail não deve ser enriquecedor como o do e-mail marketing e sim necessário ao usuário, trazendo soluções. O texto do cold mail visa despertar o interesse do destinatário, ao contrário do e-mail marketing, que deseja mantê-lo.

Formato e frequência

O e-mail marketing e o cold mail precisam ter formatos diferentes, não só por terem propostas e objetivos diversos, mas também devido à uma questão de estratégia. As formas de fazer com que um um e-mail não vire spam estão relacionadas ao seu formato.

É indicado que o cold mail não seja disparado em massa, pois as chances do destinatário ficar incomodado ou dos seus e-mail serem considerados spams são grandes. Ele também não deve ter muitos links, imagens ou templates. O seu formato não precisa ter nenhuma formatação que não seja a original da caixa do e-mail.

Já o e-mail marketing tem uma forma flexível. A ideia é que seja relevante e atrativo ao cliente, podendo ter gifs, imagens e templates mais chamativos. Para não virar spam, precisa ter textos curtose imagens. Além disso, como nesse caso o envio já foi autorizado, é provável que o e-mail da sua marca esteja entre os contatos dos destinatários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *